Guia do Estudante

LUTERIA

Tecnológico

Legenda:

Graduação

Graduação Tecnológica

É a construção e manutenção de instrumentos musicais. Cabe a esse profissional, denominado luthier, analisar a matéria-prima, como o tipo de madeira utilizada, escolher a técnica que será empregada para a confecção do aparelho e fazer o acabamento do instrumento. Confecciona instrumentos de corda acústicos, como violino, viola, contrabaixo, violoncelo, e também instrumentos eletrificados, como guitarra e violão elétrico.

Mercado de Trabalho

A maioria dos profissionais que atua nesse segmento ainda é formada em cursos técnicos. Apenas a UFPR oferece essa graduação e há poucos formados no mercado – a primeira turma formou-se em 2011. O profissional atua basicamente na manutenção e na construção de instrumentos. Na primeira área, a oferta de trabalho está em alta, graças à volta do ensino de Música na educação básica. Orquestras maiores têm seus próprios luthiers, enquanto as menores contratam o bacharel como prestador de serviço. Já o profssional que trabalha com a confecção artesanal de instrumentos musicais tem um mercado estável, no fornecimento de instrumentos para músicos e orquestras. O aumento de alunos matriculados em escolas livres de música também ampliou, indiretamente, a oferta de trabalho: mais gente aprendendo a tocar exige mais instrumentos em ordem. Ainda é possível atuar como consultor ou vendedor em grandes lojas de instrumentos e importadoras. As melhores oportunidades estão nas principais capitais do país.

As melhores escolas

Curso

O curso envolve conhecimentos em várias áreas, como química, física, música, arte e desenho, além de desenvolver a habilidade no trabalho com madeira e ferramentas manuais. As disciplinas estão organizadas em três módulos: humanidades, em que se estudam história da arte, educação e cultura musicais e língua estrangeira instrumental; Ciências Exatas, que inclui acústica e desenho técnico; e o profissionalizante, em que são ensinados eletricidade, eletrônica e computação aplicadas, construção e entalhe, restauração e arquetaria.

Duração média: 3 anos.

Compartilhe