Guia do Estudante

Pergunte ao Professor

História - Imperialismo

Qual é a diferença entre Neocolonialismo e Imperialismo?

enviado por Milena

O Imperialismo é um conceito mais amplo que abrange o conceito mais específico de Neocolonialismo.

Denomina-se de Imperialismo a fase na qual o sistema capitalista torna-se industrialmente mais tecnológico, utiliza-se de métodos mais agressivos na busca de mercados, adquire uma abrangência mundial e passa a ser conduzido e manipulado por empresas multinacionais e por grandes bancos. Dois dos componentes fundamentais do Imperialismo são o capitalismo monopolista e o capitalismo oligopolista, ou seja, o surgimento e a ação de grandes empresas industriais que passam a deter a maior parte do mercado (concentração econômica), fato este que dificulta a concorrência às pequenas e médias empresas. Outro componente do imperialismo e que age de forma semelhante é o capitalismo financeiro dos grandes bancos: poucas e poderosas instituições financeiras fornecem empréstimo e provocam endividamentos com a obtenção de fartos lucros.

Nessa busca desenfreada por novos mercados consumidores de industrializados, pelo fornecimento de matérias-primas e de combustíveis, e por locais para novos investimentos é que as potências europeias passam a conquistar novas colônias na África, Ásia e Oceania. O Neocolonialismo, portanto, é o terceiro componente do Imperialismo, ou seja, um desdobramento da evolução do capitalismo contemporâneo.

Toda essa ação mais agressiva do capitalismo começou a acontecer na Segunda Revolução Industrial (1850-1945), época em que foram desenvolvidos os motores elétricos e à explosão, a siderurgia do aço, os barcos movidos a hélice, os sistemas ferroviários e rodoviários, o telégrafo, o telefone, o automóvel, o avião etc.

>>> Veja também: Choques de interesses entre potências imperialistas colocaram várias nações em guerra do fim do império napoleônico à Primeira Guerra Mundial. Seus conhecimentos sobre esse período estão afiados? Clique aqui para descobrir resolvendo um simulado.

Questão respondida pelo professor Antônio Carlos Güttler do Sistema de Ensino Energia, graduado em História pela UnB (Universidade de Brasília) e mestre em História pela UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina).

Compartilhe